Verticalização urbana

A construção de um edificio no Bairro Bom Retiro reacende a discussão sobre a verticalização urbana e provoca reações em sua grande maioria contrárias, destacando-se um excelente artigo da arquiteta Angelina Wittmann publicado no Santa em 21.04.12.

Sem discutir se os ônibus que visitam o bairro procuram ver um autentico ambiente europeu preservado ou se querem comprar camisetas em loja de fábrica, gostaria de dizer que não concordo com a sua verticalização, pois destruirá a belíssima paisagem urbana construída naturalmente pela cidade e que abrange uma série de elementos sociais e culturais.

Defendo desde 2005 que a verticalização urbana sem limite de altura é uma solução e não um problema, pois permite reduzir custos de abastecimento de água, esgoto, drenagem, energia elétrica, comunicação, atendimento hospitalar, educacional, transporte e segurança. Criando um modelo de ocupação “lote quadra”, em que vários pequenos lotes são comprados e unificados, constituindo-se uma área maior que é ocupada por altas torres de apartamentos cercadas por espaços livres. Como diz o prof. Edward Glaeser (Harvard), “não há lugar melhor para se viver do que em uma grande cidade, pois é justamente em ambientes de grandes aglomerações que os mais variados talentos podem conviver e aprender entre sí..., aumentando as chances de ganhar mais e ter acesso ao que há de mais avançado”.

Infelizmente está havendo um desvirtuamento do que foi incluído na última revisão do Plano Diretor, pois falta critério na análise da taxa de ocupação do solo e na preservação da paisagem urbana. A lógica é muito simples – quanto mais alto o edifício, mais baixa a ocupação do terreno. Permito-me até sugerir – altura livre mas ocupação máxima de 20 ou 25% . Evitaremos mudanças de insolação e arejamento, impermeabilização dos pisos dificultando a absorção de água, sobrecarga na rede viária, de esgoto e de água, alterações no micro-clima e falta de privacidade pela proximidade das edificações.

O que está acontecendo em dois exemplos recentes – Bom Retiro e Ponta Aguda - será uma modificação rígida na nossa paisagem urbana. Lamentável, pois será irreversível!
 


A+C Arquitetura Ltda.
55 47 3322 9006
Copyright  2007 - Todos os direitos reservados
Coordenação WEB: MFN

Visualize em resolução 1024 x 768