Sobre a altura dos edifícios

Desde que participo das avaliações do planejamento da cidade de Blumenau, há 4 anos, conseguí transmitir aos responsáveis a minha pergunta jamais respondida nos dez anos em que participei do conselho municipal existente. Por que há um limite de altura máxima de 15 pavimentos nos prédios da cidade? Por que não 14 ou 16? Ou trinta? Jamais me explicaram. Porque não existe argumento. Na verdade, o 1º Plano Diretor, de 1976 não impunha limites de altura.

Em 2008 finalmente o assunto foi percebido e foi incluído pelos planejadores do município nos novos códigos hoje vigentes.

É muito simples e lógico o porque. Preservação do verde , insolação e ventilação, privacidade e estética urbana, redução do custo da infraestrutura urbana e outros, muitos. Não vemos nenhum inconveniente. Mas são necessários critérios de ocupação do solo e de recuos, proporcionais à altura, além de localização no sítio urbano. Como a nossa paisagem é muito limitada pela configuração geográfica e geológica– o que nos caracteriza com uma cidade belíssima – são necessários estudos de zoneamento apurados e espertos para evitar erros dos quais poderemos nos arrepender no futuro.

A recente discussão de alguns projetos urbanos tem-nos trazido experiências que serão extremamente importantes no nosso desenvolvimento. O nosso escritório apresentou recentemente ao Conselho de Planejamento Urbano a solicitação de alteração de índices urbanísticos - de acordo com a legislação existente - em área central da cidade, o que foi aprovado por unanimidade pelos conselheiros. Mas este empreendimento ocupará menos de 20% de uma grande área central, liberando quatro-quintos do terreno para o verde urbano e para a ventilação e insolação de toda uma quadra.

Ao mesmo tempo estamos preocupados com o atual zoneamento que permite a altura livre com ocupação de até 70% do terreno desde que obedecidos critérios de recuos laterais e fundos, o que pode gerar altura desproporcional à ocupação, que no nosso entendimento deveria ser de no máximo 20% . Além de ocupar áreas urbanas inadequadas, como morros e margens dos rios, o que descaracterizaria ainda mais a nossa belíssima paisagem.
 


A+C Arquitetura Ltda.
55 47 3322 9006
Copyright  2007 - Todos os direitos reservados
Coordenação WEB: MFN

Visualize em resolução 1024 x 768