Opiniões públicas de Alfredo Lindner Jr.

Artigos publicados no Jornal de Santa Catarina

Sobre as novas pontes

Blumenau está perto de mais uma decisão histórica para o seu futuro.



Verticalização urbana

A construção de um edificio no Bairro Bom Retiro reacende a discussão sobre a verticalização urbana e provoca reações em sua grande maioria contrárias, destacando-se um excelente artigo da arquiteta Angelina Wittmann publicado no Santa em 21.04.12. 



E agora, vale a pena votar?

A absoluta inexistência de ideologia política foi confirmada há poucos dias, quando finalizado o prazo legal de definição de candidaturas, não só em Blumenau mas, em todo o Brasil.



Vereadores propõem mobilização na BR-470

Uma grande mobilização na BR-470.



Prêmio de design

Muito me orgulho de ser leitor do jornal que tem três trabalhos destacados...



Prédio residencial no Centro

A imagem traz uma idéia do que está sendo projetado para a esquina das ruas 7 de Setembro e ...



Mobilidade

Enquanto se debate quem tem razão quanto à afirmação de que "simplesmente abrir ruas não resolverá o problema"...



Margem esquerda

A arquiteta Daniela Pareja...



A margem do bom senso

Sou ex-morador da Rua Uruguai, na Ponta Aguda...



O futuro ou o passado?

A página 2 do Santa quase não tem fotos, mas retrata o pensamento geral da cidade e da região



Futuro e mobilidade

Ouvimos diariamente falar em mobilidade.



Enchentes

Está equivocado o senhor José...



Cezar Zilling

Está absolutamente correto o colunista Cezar Zilling quando diz, no artigo Independências...



Margem esquerda apresenta problemas desde a década de 80

Antes de culpar a ação do homem pelos problemas de erosão e degradação do local é necessário conhecer a configuração geográfica da região



Árvores

A falta de planejamento não pode justificar o corte de árvores da forma como está ocorrendo em Blumenau...



Artigo sobre a altura dos edifícios

Durante anos preocupei-me com a ocupação excessiva do solo urbano e a limitação de 15 pavimentos nos edifícios da cidade sem nenhum critério técnico...



Sobre a altura dos edifícios

Desde que participo das avaliações do planejamento da cidade de Blumenau, há 4 anos, conseguí transmitir aos responsáveis a minha pergunta jamais respondida nos dez anos em que participei do conselho municipal existente. 



O que somente os céticos acreditavam virou verdade

O que somente os céticos acreditavam virou verdade. Depois de três meses de quase-silêncio, parece que a mídia mundial está comentando a espetacular reviravolta da doutrina do aquecimento global, alimentada por ambientalistas e cientistas de todo o mundo, que pregava uma catástrofe mundial ao final do século XXI se não se tomassem medidas radicais para cortar as emissões de gases do efeito estufa decorrentes da atividade humana.



Universidade

Universidade Federal de Blumenau ou Universidade Federal Furb Blumenau...



O futuro de Blumenau

Noticias recentes do Santa: Estado doa 30 milhões para Centro de Convenções em Balneário Camboriú, conclusão do Viaduto da Mafisa adiada devido a reajuste, obra da Delegacia de Polícia entregue sem portas e janelas, Beira-Rio em conclusão, UFSC inicia contatos com FURB para federalização...



O dinheiro e o aquecimento global

A mídia está comentando a espetacular reviravolta da doutrina do aquecimento global, que pregava uma catástrofe mundial ao final do século XXI se não se tomassem medidas radicais para cortar as emissões de gases do efeito estufa. 



O Vale do Itajaí agradece!

Final de ano e como sempre há vitórias e derrotas. E empates. O importante é ficar atento e observar. Ficar ligado!



Strauss-Kahn, Alfredo Nascimento e Blumenau

Os valores humanos realmente estão mudando. O falso moralismo, a mentira, a ganância e o destempero das leis e costumes nos provocam indignação diária. Humanos se consideram deuses e condenam em nome de valores hipócritas, para absolver na mesma velocidade depois de destruir levianamente, sempre sob os holofotes da mídia mundial.



Por que Ficha Limpa

A expectativa do aval do prefeito para a vigência da lei aprovada pela Câmara que prevê a divulgação no site da prefeitura da relação dos servidores comissionados (Santa, 27 de maio) recordou-me a questão moral e ética do país e do mundo atual. Moral vem do grego e tem a ver com os costumes e ética vem da sua tradução em latim, e tem a ver com o caráter.



Os gargalos da BR-470

O projeto executivo da duplicação da BR-470 ainda não foi finalizado, mas os técnicos já identificaram 20 nós que merecem atneção para ampliar as pistas.



Planejamento

A arquiteta Daniela Pareja está correta quando diz, no artigo E assim caminha Blumenau (Santa, 18 de fevereiro), que o projeto aprovado no Coplan para a área do antigo BEC nega a conexão com a rua e não apresenta alternativa para amenizar o impacto na mobilidade, além da agressividade na altura dos edifícios.



Ponte do Centro

Lamentável a qualidade das críticas à nova ponte. Mais uma oportunidade está se perdendo para melhorarmos a nossa mediocridade urbana.



Código Ambiental

Gostei do artigo Reflexão sobre o novo Código Ambiental, do biólogo Maurício Pozzobon (Santa, 5 de maio).



Vapor

A sugestão (Santa, 4 de abril) de Victor Frech - transformar a praça em frente à prefeitura velha e arredores em um Centro Histórico com o Vapor Blumenau [...]



OPINIÃO: Por que este radicalismo?

Profundamente lamentável o cancelamento simples e absoluto das verbas para a margem esquerda do Rio Itajaí-Açu, mostrando mais uma vez que o radicalismo de duas pequenas partes prejudica a muitos.



A vitória do bom senso!

Aparentemente o bom senso prevaleceu na questão das arvores da margem direita do Itajaí-Açú. A cidade agradece! Certamente todos estão felizes com o desfecho da questão, aguardando que a decisão do poder público municipal seja aceitar a sugestão mediada.



Projeto Jica- O que é?

A Fundação de Pesquisa CIentífica e Tecnológica de Santa Catarina realizou recentemente diversas audiências públicas para discutir as medidas de controle das enchentes do Rio Itajaí.



A vitória do bom senso

Aparentemente, o bom senso prevaleceu na questão das árvores da margem direita do Itajaí-Açu. A cidade agradece!



Positivo!

Sem dúvida positivo o resultado da polêmica muito bem administrada pelo Santa durante quatro anos a respeito deste pequeno - mas crítico - problema viário de Blumenau.



Por que pensar em 2050

Realizou-se nos dias 29 e 30 o 2º Seminário Técnico BNU2050, ação prometida pela prefeitura desde o primeiro seminário de 2008.



Reurbanização da rua XV

A ACIB está participando ativamente da comissão que discute a reurbanização da rua XV de Novembro, através de seu representante, o arquiteto Alfredo Lindner Jr..



Mobilidade e desenvolvimento

Muito importante e oportuna a ideia dos eventos relacionados aos 160 anos de Blumenau. O debate sobre a Mobilidade Urbana foi um sucesso de mídia e de marketing, mas deixou a desejar em relação a resultados práticos e sugestões objetivas para criar novos princípios e parâmetros em relação ao planejamento urbano da cidade.



Sobre o Estádio de Blumenau

A Copa de 2014 obriga o planejamento dos espaços esportivos e oportuniza a busca de recursos orçamentários disponíveis para a recuperação da atividade esportiva no país. Sem repetir argumentos à ampliação do Estádio do SESI em Blumenau, limitar-me-ei a textos de especialistas em marketing e planejamento esportivo.



COP-15 e a margem esquerda
O geógrafo Aziz Ab'Sáber, professor emérito da Universidade de São Paulo (USP)- que estuda geografia há 68 anos e é considerado referência no assunto, critica o que ele chama de “terroristas do clima” e, ao mesmo tempo que ratifica a tese de que o planeta está mesmo aquecendo, afirma que os “terroristas”não consideram os movimentos periódicos do clima ou as variações climáticas ao longo da história da Terra. Também não acredita que as medidas apresentadas na conferência de Copenhagen possam impedir esse processo. Saiba mais.

Sobre o Estádio
É necessário entender que a necessidade de um estádio para a Blumenau se faz como exigência ao seu desenvolvimento e à sua vocação para sediar eventos, gerando renda e empregos com justiça social. Leia mais.

A margem do rio

Pois é, não é a praia dele, dirão os ambientalistas. Mesmo assim me atrevo a escrever. Para quem viveu o período universitário sob o jugo de uma ditadura e sem nenhuma liberdade de expressão, nada mais saudável e sustentável do que a troca de idéias e argumentos sobre esta nova apologia a respeito do fim-do-mundo. Leia mais.



Sobre a Vila Germânica
Não é viável investir mais, com retorno, na ampliação dos três setores da Vila Germânica. Por melhor que eles sejam, as limitações urbanas são evidentes e visíveis. Com a conclusão dos investimentos privados já iniciados e previstos naquela região poderá haver um colapso no sistema urbano da região.

Humilhação e vergonha
O governo federal sinaliza nova tragédia para o Vale do Itajaí. No entanto, com a discussão e aprovação do orçamento, a verba se transformou em um Programa Nacional para Apoio às Obras de Prevenção a Desastres. Pior: a rubrica prevê que o dinheiro pode ser usado por qualquer cidade do país.”  Leia.

Desmatamento legal
Sabemos que nenhuma lei é completa e nem sempre justa. Temos conhecimento das dificuldades e absurdos legais assim como conhecemos as facilidades e os desmandos ilegais no nosso país. Normalmente sem punição. Leia.

O MPF e a Cidade
A imprensa publicou que o Ministério Publico Federal ( MPF ) havia pedido a demolição do Edificio América. Até me manifestei dizendo que – respeitadas as questões vigentes – para a cidade seria muito bom, porque ninguém em sã consciência pode gostar daquele volume de concreto no meio de uma bela praça. Agora soube que o MPF está exigindo o cumprimento do Código Florestal no Município. Pensar em “demolir construções erguidas a menos de 100 metros da margem do rio” , em Blumenau, beira o absurdo. Leia.

Não existem estilos, existe arquitetura
Na faculdade de arquitetura aprendí que não existem “estilos” em arquitetura. Foram lições de renomados mestres, vencedores de diversos concursos nacionais e internacionais de arquitetura – a malfadada Lei 8.666/93 ainda não existia e era proibido fazer licitações de preços de projetos, autores de mega-projetos como o do edifício sede da Petrobrás, no Rio de Janeiro e responsáveis pela revolução urbana de Curitiba. Os arquitetos, engenheiros e agrônomos tinham a sua Lei do Exercício Profissional – Lei 5.194/66, que proíbe a licitação de preços, sugerindo outras modalidades de contratação. Leia.

O Plano Diretor e a Cidade
A leitura da matéria sobre Planejamento Urbano, publicada pelo Santa em 8 e 9 de dezembro, na página 4, nos obriga à reflexão. Como em tudo naquela época, Blumenau na década de 70 foi uma das cidades pioneiras na contratação de um Plano Diretor Físico-Territorial. Mesmo assim, ainda hoje se ouvem os mesmos temas – “Anel Viário Norte e Sul”, “desenvolvimento da cidade na direção norte”, “áreas industriais não especificas, mescladas com comercio, habitação e serviços”. E outros temas. Infelizmente, muitos ainda por realizar. Como o Anel Viário Sul. Leia.

Participação na Coluna de Leitores do Jornal de Santa Catarina

Cartas relevantes I

Algumas notas de Alfredo Lindner Jr. publicadas no jornal de Santa Catarina, sobre urbanismo e meio ambiente.